Como lidar com a pressão sobre seu crespinho

IMG_3060[1]Como se na transição  dos cabelos alisados para os seus cabelos naturais já não fosse pressão suficiente, ainda chega as festas de fim de ano para ajudar na adrenalina de ter os cabelos naturais.

Hoje, navegando pelo Facebook eu vi um post muito interessante sobre esse tópico que aterroriza todas que estão na fase de “going natural”  O post dizia assim: “Cabelo afro não combina com todo mundo? Então você quer dizer que o cabelos que nascem naturalmente em minha cabeça não combina comigo?. Pensem muito interessante este ponto de vista.

Como este tópico sempre esta na mente das mulheres afrodescendentes que ainda não se acostumaram com a transição, ou mais diretamente com a reacao das pessoas quando lhe veem com o seu cabelo natural, hoje fiz uma pesquisa e descobri que a aflição de toda mulher, caucasiana ou  negra, torna-se sendo os cabelos.

Como todas em transição já ouviram varias piadinhas do tipo chegou o Michael Jackson, o palhaço Bozo, a Elza Soares e assim em diante quando entram em uma sala cheio de familiares, esses que se acham no direito de inferiorizar a quem escolhe ir ao natural. São muitas perguntas e comentários que não parecem serem ofensivos, mas quando você se vê, já esta na defensiva de uma causa perdida por muitos, e acaba virando incomodo todas essas perguntas, e você acaba se tornando o centro da conversa.  Enfim , frustrações a parte!

Aqui estão umas dicas bacanas de como lidar com perguntas e com os holofotes voltados a você.

1. Receba os comentários desagradáveis como um grão de sal. Algumas pessoas simplesmente não entendem ou veem a beleza no cabelo natural.  Muitas pessoas vão descobrir com o passar do tempo que sim existe beleza,  mas não é o seu trabalho para convencê-las.

2. Responda à todas as perguntas  de sua família, mas quando você se sentir que está tendo que defender constantemente sobre a  sua decisão de usar o cabelo em seu estado natural, você pode mudar de conversa.  Pois uma discussão poderá terminar mal e sentimentos acabarão sendo  feridos.

3. Orgulhe-se de seu cabelo, sinta-se empoderada. Pode ajudar a abrir  os olhos de uma tia ou sobrinha sobre a beleza em seus cabelos crespos que nunca tiveram coragem de sair de casa sem a chapinha ou gastam fortuna com uma progressiva a cada dois meses!

Você deve abraçar a sua causa de maneira pacifica e com um bom senso, pois além de ter que lidar com o seu dia a dia tentando crescer o tao amado crespinho, ainda mais se for o 4c, você precisa lidar com os “outsiders” de maneira pacifica!

Agora desfrute seus presentes e as comidas deliciosas de Natal e lembre-se que o seu crespinho, cacheado, enroladinho foram um dos presentes que Deus mandou para você! Boas Festas!

 

Disclaimer : o cabelo da foto trata-se de uma Lace Front de cabelo indiano.

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *